Sábado
19 de Setembro de 2020 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

Receba nossa newsletter

Insira seus dados nos campos abaixo.
Nome
Email

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
33ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Domingo - Brasília, DF

Máx
34ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

Conselheiros realizam visita ao MPM para identificação de boas práticas

  O presidente da Comissão de Enfrentamento da Corrupção (CEC) e da Comissão de Controle Administrativo e Financeiro (CCAF) do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Silvio Amorim, visitou a sede do Ministério Público Militar (MPM) nesta quinta-feira, 13 de agosto. O objetivo foi identificar e conhecer melhores práticas desenvolvidas pela instituição nas áreas de atuação das comissões.   Acompanhado pelo conselheiro Marcelo Weitzel e pelo secretário-geral do CNMP, Jaime Miranda, ambos integrantes do MPM, Silvio Amorim foi recebido pelo procurador-geral de Justiça Militar, Antônio Pereira Duarte. A coordenadora-geral do Centro de Apoio à Investigação (CPADSI), Angela Taveira, e o chefe de Gabinete da PGJM, Jorge Augusto Farias, também participaram do encontro.   Na reunião, os integrantes do CNMP conheceram o CPADSI, que atua no combate à corrupção, à lavagem de dinheiro e às fraudes licitatórias. “Viemos verificar essa boa prática com intuito de avaliar a possibilidade de compartilhá-la com outros Ministérios Públicos e, com isso, contribuir para o aprimoramento dos trabalhos prestados à sociedade”, explicou Amorim.   A coordenadora-geral do Centro apresentou as ferramentas desenvolvidas pela unidade, com destaque para o ARGUS, que faz o cruzamento e a análise de dados de quebras de sigilos bancários autorizados pela justiça. “Hoje foi lançado o ARGUS 2020, versão atualizada da ferramenta, que já é utilizada por vários órgãos”, contou Angela Taveira.   No encontro, o conselheiro Sílvio Amorim também convidou o MPM a selecionar uma boa prática desenvolvida pela instituição para compor uma futura publicação do CNMP, que reunirá iniciativas bem sucedidas de governança e de gestão administrativo -financeiras.    O procurador-geral de Justiça Militar, Antônio Duarte, agradeceu pelo espaço aberto na obra da Comissão. Lembrando que 2020 é o ano de celebração do centenário do MPM, aproveitou a oportunidade parar chamar os representantes do CNMP a participarem das comemorações, em especial do projeto Relatos do Centenário, que veiculará depoimentos sobre vivências na instituição.
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.