Sábado
19 de Setembro de 2020 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

Receba nossa newsletter

Insira seus dados nos campos abaixo.
Nome
Email

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
33ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Domingo - Brasília, DF

Máx
34ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

INSTITUCIONAL: Iniciada a Correição Geral Ordinária na Seção Judiciária de Rondônia

A Corregedoria Regional da Justiça Federal da 1ª Região (Coger-TRF1) iniciou nessa segunda-feira, 14 de setembro, a Correição Geral Ordinária na Seção Judiciária do Estado de Rondônia (SJRO), com atuação na Sede e nas Subseções localizadas nos municípios de Vilhena e Ji-Paraná. A solenidade de abertura dos trabalhos foi conduzida pela corregedora regional da 1ª Região, desembargadora federal Ângela Catão e transmitida, ao vivo, pela plataforma Teams. Essa correição no estado vai até o dia 30 de setembro. Ao todo, a Coger pretende acompanhar o trabalho de 11 unidades da SJRO entre varas e turmas recursais. O objetivo é promover o aperfeiçoamento da atuação jurisdicional na localidade a partir da análise de principais dificuldades encontradas na realização do trabalho judicial e administrativo e como devem ser encaminhadas as soluções. Durante a abertura dos trabalhos, a corregedora Ângela Catão afirmou já ter realizado uma leitura prévia da listagem de questões pontuais que precisam ser sanadas na SJRO. A desembargadora relacionou alguns tópicos como a necessidade de equipamentos de informática, melhores condições do transporte para o trabalho dos oficiais de justiça e segurança das instalações físicas de magistrados e servidores. “O Tribunal quer que a SJRO tenha melhores condições para exercer suas atribuições, e vamos nos esforçar para colaborar ao máximo”, afirmou. O diretor do foro da Seção Judiciária de Rondônia, juiz federal Flávio Fraga e Silva, agradeceu à Coger pelo trabalho e disse que a correição no estado será uma oportunidade de a própria SJRO analisar seu trabalho juntamente com o Tribunal. “Será um momento para percebermos nossos processos e rotinas, além de recebermos orientações sobre boas práticas para aplicarmos aqui. Serão duas semanas de grandes oportunidades e colaboração neste trabalho correcional. Tudo o que for possível fazer para colaborar vamos fazer para termos uma prestação jurisdicional cada vez mais célere e eficiente em nosso estado”, enfatizou. Também participaram da abertura, os juízes federais em auxílio à Corregedoria Bruno César Bandeira Apolinário, Daniel Santos Rocha Sobral, João Carlos Mayer Soares, Náiber Pontes de Almeida, Newton Ramos e o vice-diretor do foro da SJRO, Walisson Gonçalves Cunha. Após a abertura, os participantes seguiram para uma reunião técnica que abriu os trabalhos correcionais. Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região  
15/09/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.