Quinta-feira
13 de Agosto de 2020 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Notícias

Receba nossa newsletter

Insira seus dados nos campos abaixo.
Nome
Email

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
29ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Sexta-feira - Brasília, DF

Máx
28ºC
Min
17ºC
Predomínio de

INSTITUCIONAL:Centro Judiciário de Conciliação da SJRR promove I Encontro Virtual Sobre Justiça Restaurativa em parceira com SSJ Uberaba/MG

O Centro Judiciário de Conciliação da Seção Judiciária de Roraima (Cejuc/SJRR), sob a coordenação do juiz federal Bruno Hermes Leal, tem empenhado esforços em prol da capacitação de servidores e magistrados para o desempenho das competências previstas na Resolução CNJ n.º 225/2015 no que tange à implementação da Justiça Restaurativa. A primeira providência adotada pela Coordenação do Cejuc/SJRR, nesse sentido, foi constituir um grupo de estudos dedicado à análise da bibliografia especializada sobre o tema, com previsão de leitura e discussão quinzenal de capítulos selecionados, por exemplo, das obras do professor norte-americano Howard Zehr, um dos pioneiros da justiça restaurativa. Já no dia 26 de junho, outro passo definitivo foi dado: o Cejuc/SJRR promoveu o “I Encontro Virtual sobre Justiça Restaurativa”, que contou com exposições do juiz federal titular da 2ª Vara Federal e coordenador do Cejuc da Subseção Judiciária de Uberaba/MG, Osmane Antônio dos Santos, e da servidora Ana Carla de Albuquerque Pacheco, diretora daquele Centro Judiciário de Conciliação. Na oportunidade, o juiz Osmane ministrou aos ouvintes explanação conceitual a respeito da Justiça Restaurativa e de sua operacionalização na Justiça Federal, além de pidir sua exemplar e pioneira iniciativa nessa matéria. Em seguida, a servidora Ana Carla discorreu sobre os procedimentos do círculo restaurativo, análise e escolha dos casos aptos, parcerias com instituições públicas e privadas, cases de sucesso, entre outros aspectos. O encontro foi encerrado com agradecimentos ao Cejuc de Uberaba. A ideia é que novos canais de interlocução institucional devem ser abertos para que, tão logo seja possível, a Justiça Federal de Roraima possa se integrar nesse importante fluxo de aprimoramento da jurisdição criminal.   Fonte: Cejuc SJRR  Assessoria de Comunicação Social  Tribunal Regional Fderal da 1ª Região
10/07/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.